5.1.10

Orgulho e Preconceito de Jane Austen

 


É um filme baseado na literatura inglesa do século XVIII. AUSTEN conseguiu com imenso sucesso descrever cada uma das personagens deste livro. A chegada do milionário, Mr. Darcy a  terra, cria grande excitação dentro da família Bennet. A Sra Bennet está convencida que uma das suas 5 filhas irá conseguir conquistar o coração do jovem aristocrata. O destino irá sorrir a Elizabeth, a segunda das cinco irmãs.
Esta história é sobre o orgulho de Elizabete que é ferido ferozmente quando o Sr.º Darcy a insulta no baile, e os preconceitos dela sobre ele, baseados nas suas primeiras impressões em relação a ele, e nos mexericos maldosos dos amigos. Ela rejeita as investidas do Sr.º Darcy por causa disto tudo. No entanto, enquanto se ocupa com os romances e escândalos das suas irmãs, ela encontra-se novamente na companhia dele. Progressivamente as suas opiniões em relação a este jovem orgulhoso começam a mudar. A história é também sobre o orgulho do srº Darcy por ser o homem mais rico das redondezas. Ele também se sente superior aquelas pessoas do campo considerando-as um tanto ou quanto boemias, e sobre os seus preconceitos, que foram baseados nas suas primeiras impressões.
Mas esta história não decorre apenas á volta destes dois personagens. È também sobre a filha mais velha dos Bennet: Jane. Ela é uma jovem muito bonita com uma personalidade que cativa qualquer um. Ninguém que a conhece consegue evitar de se apaixonar por ela. O Sr. Bingley, o amigo do peito do Srº Darcy, também se apaixona por ela. 
Lydia, a filha mais nova dos Bennet tem também um papel importante na história. Ela é mimada pela mãe e é uma jovem vaidosa e frágil que nunca pensa nas consequências dos seus atos. Ela foge com o jovem Wikham, que nada vale, e coloca o bom-nome desta família em perigo. Apesar desta história ter sido escrito há muito tempo atrás, os temas com que AUSTEN se depara, ainda são atuais. Ela, como uma observadora silenciosa e invisível, apresenta-nos a história de uma maneira inteligente e cômica ao mesmo tempo, e com um estilo um pouco sarcástico, e consegue que o leitor sorria do princípio até ao fim. 
Orgulho e preconceito é um lindíssimo romance que todos deveriam ler pelo menos uma vez na vida.


6 comentários:

Marcos Andrade disse...

Adoro a Jane Austen e estou gostando cada vez mais do seu blog: é raro encontrar alguém que tenha bom gosto literário!

Quero voltar mais vezes aqui!

Excelente 2010, querida!

Aline Amora disse...

Obrigada Marcos!

Anônimo disse...

Amo este filme

jackaraujof@bol.com.br disse...

Eu simplismente amo esse filme, ele é lindo.

jackaraujof@bol.com.br disse...

Eu amo esse filme,é muito lindo e emocionante.

Aline Amora disse...

Obrigada pela postagem!Jack...
bjos

Postar um comentário